São sólidos e têm forma de pó. São responsáveis pela cor e cobertura do substrato.

Contribuem ainda para o endurecimento da película, brilho e resistência à abrasão e a radiação ultravioleta.

Os pigmentos podem ser divididos em três grupos:

PIGMENTOS E CARGAS: Têm baixo poder de cobertura, a maioria é de origem mineral, incolor ou de tonalidade brancos acinzentado. Quando incorporado a tinta, melhoram as resistências mecânicas do filme (abrasão). Têm a propriedade de fosquear a tinta.

PIGMENTOS CUBRIENTES: São os que, além de possuir características de proteger o filme, confiam à tinta uma certa cor e poder de cobertura sobre o substrato. Podem ser orgânica ou inorgânica.

Os pigmentos de origem inorgânica são derivados de minerais existentes na natureza, como o Dióxido de Titânio e o Óxido de Ferro.

Os pigmentos orgânicos são, na maioria, sintetizados em laboratório a partir de produtos intermediários derivados de petróleo, tais como: verde ftalo, azul ftalo.

PIGMENTOS COM PROPRIEDADES ANTICORROSIVAS: São pigmentos com propriedade de inibir a ferrugem. São incorporados à tinta de fundo (Primer) já que seu mecanismo de proteção requer um contato direto com a superfície metálica a ser protegida. Existe um grande número de pigmentos que possuem ação inibidora a corrosão.

Os mais usados são: Zarcão, Óxido de Ferro, Cromatos, Fosfato, Zinco Metálico e Alumínio

pigmentos1